Teoria do Dinheiro

Click here to edit subtitle

O que pensámos acerca a sorte dos ricos?

Cada vez que estudámos e cada vez que escrevemos aqui na Teoria do Dinheiro, aprendemos coisas novas, que melhoram a nossa visão do mundo e do dinheiro. E, o que melhor podemos aprender, dinheiro não é tão ruim assim, principalmente quando sabemos lidar com ele. É verdade que podemos não estar habituados a lidar com grandes quantias, porque as nossas vidas não nos oferecem grandes quantias, porém, nós não fazemos nada para que isso aconteça e não temos o direito de reclamar.

Os ricos nem sempre são gananciosos e egoistas

A riqueza em dinheiro não aparece porque temos sorte e algo aconteceu que nos deu muito dinheiro. A verdade é que a riqueza em dinheiro depende muito da riqueza como pessoa que somos. Quando queremos falar daqueles que ganham dinheiro, é fácil encontrar alguém que reclama daqueles que tem grande riqueza em bens materiais ou financeiros, quando na verdade não faz nada para ter riqueza igual. 


Se pararmos para reflectir acerca dos ricos que temos hoje, eles não são gananciosos em dinheiro, mas em conhecimento. E não são egoístas, pois nem sempre guardam todo o seu conhecimento para si, bem pelo contrário. Os melhores exemplos que temos hoje no mundo para seguir e aprender, são os ricos. E os verdadeiramente ricos, na lista dos mais ricos do mundo, são ídolos do dinheiro, verdadeiros exemplos a seguir para aprender a melhorar a nossa riqueza. 

Warren Buffet

Um dos homens mais ricos do planeta, ou dizendo de outra forma, um expoente máximo da riqueza, vive uma vida normal como tantos outros. Vive numa casa há mais de cinquenta anos, sem grandes ostentações e com um carro muito simples para um bilionário: Cadillac XTS de 2014. O seu dia-a-dia não é feito nas Ilhas Maldivas nem nas boates de mulheres. Na verdade, ele lê quinhentas páginas por dia, visto que o seu hobbie favorito é ler, além de comer hambúrgueres e beber muitas coca-colas por dia. 


O seu ponto forte é realmente a sua leitura. Ler é saudável, e ler muito e ler bem, ler conteúdos que qualidade, significa aprender muito e ficar mais perto de ser uma pessoa rica em conhecimento. Adoramos ler, e hoje temos muita informação disponível para Internet que podemos ler e aprender.

As oportunidades de hoje estão abertas a todos. Mesmo aqui na Teoria do Dinheiro estamos sempre a procurar e juntar vários conteúdos, de preferência de qualidade, para disponibilizar aos leitores, prontos para estudar e aprender

Não pense em riqueza, pense em aprender

O dinheiro é fruto do nosso trabalho e aptidão para ultrapassar dificuldades. Aqui na Teoria do Dinheiro, o nosso foco são negócios que podemos associar o risco: bolsa de valores, poker e apostas desportivas. Porém, esse é o nosso foco: contrariar o risco melhorando o nosso conhecimento. Estas três áreas ensinam mesmo muita coisa acerca da sociedade e mundo em geral. Por exemplo, para você ter sucesso na bolsa de valores, você precisa olhar em seu redor e perceber o mundo, para perceber como será o comportamento das acções da bolsa de valores e ganhar dinheiro com os seus movimentos. No Poker, há sempre o risco associado em virar a carta errada. Mas não somos obrigados a jogar todas as mãos. Quando observámos as pessoas correctamente e as compreendemos, seremos capazes de nos adaptar e decidir bem, ganhando dinheiro em explorar fraquezas de pessoas que não querem estudar tanto como nós. Nas apostas desportivas, a análise dos jogos e a capacidade em definir estratégias para apostas definem o dinheiro que vamos ganhar depois de um longo período de tempo. E, se realmente você acredita que estas são áreas de risco, pense bem no seu salário: é uma segurança ao fim do mês, mas é mesmo assim um risco. Se a empresa em que você trabalha encontrar problemas sérios, o seu salário não é garantido. Depende, portanto, de alguém que trabalha directamente com risco - o seu patrão - e da qualidade do seu trabalho. Não há, portanto, melhor motivação do que o risco para aprender mais e mais, aprendendo sempre que encontrámos uma nova ou melhor forma de o contrariar. E isto é exactamente o que acontece com a bolsa de valores, as apostas desportivas e o Poker. 


A grandeza não se faz assim pelo dinheiro que é adquirido. A grandeza se faz pelo trabalho e estudos realizados. Assim, o dinheiro será um reflexo daquilo que as pessoas são, não será o dinheiro a mudar as pessoas

A mentalidade da lotaria

Há quem diga que os ricos não jogam na lotaria porque não precisam. Nada mais errado. Ricos não jogam na lotaria porque não lhes interessa, porque é prejuízo para o seu tempo e seu dinheiro. Ricos ultrapassam muitos desafios e rejeições, muitas horas de trabalho e investimento, muito tempo de leitura e planificação pessoal. Ricos trabalham no seu desenvolvimento pessoal, aproveitando os recursos que tempos hoje. Não buscam a sorte. E provavelmente estamos aqui a escrever em vão para vários leitores. Porém, sabemos que a mentalidade de evoluir e contrariar o risco tem muito para se compreender, e vamos melhorar mito com isso, assim como muitos dos nossos leitores vão melhorar também

Diferenças entre ricos e pobres na sociedade

"Ricos não fazem falta no mundo", dizem muitos pelos quatro cantos do mundo. Porém, são os ricos que tiveram as melhores ideias e fizeram grandes invenções para você viver bem hoje, tal como as tecnologias para você ler este artigo hoje, um carro para levar a sua cara-metade a passear e uma casa bem equipada para você descansar e ter uma família. Pobres apenas usam cartão de crédito e pedem empréstimos para pedir coisas inúteis. 


Na verdade, não devemos procurar uma qualidade de vida superior agora mesmo. Cada vez que comprámos algo para satisfazer os prazeres pessoais, estamos a adiar o momento que teremos a nossa riqueza financeira. Quando comprámos aquele telefone invés de investir, ficaremos sem aquele dinheiro para investir. Porém, quando investimos correctamente, mais tarde podemos comprar um telefone mais caro e melhor e ainda assim sobrará dinheiro.

Busque por soluções para concretizar os seus sonhos

Ninguém irá fazer nada por você sem você fazer primeiro. Nem irá fazer nada depois de você fazer tudo por si mesmo. A sociedade não se importa com você em nada, apenas com a sua utilidade. Então não vire as costas à sociedade porque não precisa. Apenas busque pelo seu caminho e siga em frente.


Todos nós temos sonhos, mas não podemos ficar à espera que eles se realizem sozinhos. Isso seria ter mentalidade de pessoa pobre, porque a sorte não resolve problemas. Precisamos ir atrás dos sonhos, lutar para que eles aconteçam, trabalhar e estudar para que estejamos prontos a agarrar oportunidades. Já vimos muitas oportunidades fugir uma atrás da outra, porque não temos mãos suficientes fortes para as agarrar. A culpa não foi do azar. A culpa foi nossa, porque não nos preparámos para agarrar as oportunidades. 


Para isso trabalhámos na Teoria do Dinheiro: procurar soluções, procurar conhecimento, contrariar o risco, para melhorar diariamente, sem necessidade de guardar o conhecimento só para nós.