Teoria do Dinheiro

Click here to edit subtitle

Sonhar, sacrificar, dedicar e vencer

Não compreendemos porque a sociedade em geral espera tanto em tão pouco, ou espera pouco do nada. Aliás, provavelmente, a grande maioria nem espera nada, como não procura nada além de um ordenado razoável. Existe algo muito importante e muito valioso que temos vindo a aprender com o Poker e a Bolsa de Valores, que é: o trabalho não dá lucro, quando não se assumem prioridades. Não somos donos da verdade, nem do mundo, mas cada vez acreditamos mais que a prioridade é nos valorizarmos a nós mesmos e sair da zona de conforto para atingir resultados melhores e sair da rotina que a maioria tanto se queixa.


Hoje não somos obrigados, de forma alguma, a seguir a manda da sociedade. Hoje podemos encontrar muitas informações bastante úteis, de pessoas realmente ricas em conhecimento que querem ajudar, que querem ensinar, que dão valor ao mais próximo. Pessoas que reconheceram há muito tempo o caos que existe, e que sonham fazer algo para lutar contra esse caos por um mundo melhor.


Antigamente, tínhamos medo daquilo que é o Poker ou a Bolsa de Valores. Pensávamos que o Poker era algo mau, associado a criminosos e demasiado arriscado, assim como a Bolsa de Valores era apenas para ricos. Na realidade, apenas não éramos informados o suficiente. Hoje, sabemos que determinadas pessoas estão proibidas de entrar em casinos, que há limites de jogo, que existe o estudo, principalmente matemático, no Poker. Sabemos que temos que ser inteligentes para jogar contra outros jogadores também inteligentes, ou que podemos passar uma tarde de prazer com amigos sem correr risco nenhum e sem colocar dinheiro em jogo sequer. Sabemos que, através da Etoro e outras plataformas de negociação, podemos negociar com pouco dinheiro (ou mesmo de graça nas contas de dinheiro virtual), e fazer disso uma atividade extra-laboral ou mesmo seguir um caminho para mudar da nossa profissão para um Trader. Além disso, hoje sabemos que atingir um patamar vencedor nessas profissões, precisamos apenas de ser disciplinados e trabalhar/estudar todos os dias,

Para ganhar algo, perde-se outra coisa

Não prometemos, nem nunca vamos prometer que o trabalho com o que podemos chamar áreas arriscadas que é demasiado fácil, porque não o é. Precisamos estudar bastante, logicamente. Porém, abre uma porta, uma oportunidade, que um dia poderá ajudar no ordenado ou mesmo substituí-lo. Mas para isso, é necessário sacrifício. Precisamos estar dispostos a sacrificar tempo a estudar em vez de estar com os amigos. Precisamos sacrificar atividades para nos dedicarmos a aprender, porque não vamos abandonar um ordenado apenas começando a jogar ou negociar agora e amanhã mudamos de profissão de imediato. 


A verdade é que também nós estamos a sacrificar o nosso tempo para escrever na Teoria do Dinheiro como uma forma de aprendizado, e a verdade é que aprender é apaixonante. Procuramos sempre encontrar os melhores autores, os melhores traders, os melhores jogadores e os melhores apostadores, os melhores conteúdos e livros, os melhores exemplos e acima de tudo, ganhar pratica.


Sabemos que bons executantes obtêm bons resultados, e as pessoas merecem que alguém lhes mostre, merecem compreender, que há janelas que se podem abrir. Merecem conhecer novas formas de pensar para melhorar as suas vidas, e por vezes, só precisam de um empurrãozinho e a vida segue para a frente. 


Mas, acrescentamos ainda que, se você realmente quer mudar de vida, precisa estar realmente disposto a se sacrificar para que tal aconteça, e não tem que ser apenas na Bolsa ou Ações. Estas são as nossas áreas de trabalho, mas a ideia é a mesma para qualquer coisa: Você quer, então terá que sacrificar.

Assuma as suas prioridades e transforme-se agora

Não podemos ter tudo na vida. Se temos uma coisa, perdemos outra. Mas há uma excepção. Quando assumimos que queremos realmente fazer algo e atingir determinado resultado, vamos tirar um peso da balança e colocar do outro lado da mesma balança. Estamos a escolher uma coisa invés de outra, naturalmente. É como se fosse um cálculo 1+1=2 (esforço + trabalho =resultados). Porém, quando trabalhamos para atingir resultados, há uma coisa que se cria, e que acontece às vezes por acaso, e que transforma a nossa equação de 1+1=2 em 1+1=3 em que esforço + trabalho se transformam realmente em resultados + sorte. Matematicamente, 1+1=3 será impossível. Mas sabemos que quando trabalhamos e nos esforçamos, vamos atingir a sorte que muitos se queixam não ter.


A sua rotina é um lixo? Então procure novos caminhos. Não faz nada para procurar novos caminhos mas queixa-se da rotina? Então o lixo são as suas prioridades. Quem não assume avançar na vida não tem direito a reclamar se algo corre mal. E se acha que pode reclamar depois de chegar a algum lado, lembre-se que se o fizer está a ser um fraco por perder tempo a reclamar quando poderia aproveitar e fazer algo mais produtivo ou interessante. Quem semeia, colhe. Mas, se você semear e der frutos, colha-os antes que apodreçam.