Teoria do Dinheiro

Click here to edit subtitle

Poker, sorte, trabalho e liberdade

2019! O mundo gira em volta das ideias, da criatividade, das decisões, da informação, da sociabilidade. E nós podemos encontrar tudo isso no jogo de Poker. O melhor jogo de cartas do mundo, é tão complexo que é necessário compreendê-lo. Existem muitos "porquês", muitos "se's", muitos "mas", muitas informações, muitas decisões, mas as cartas são só 52


Ainda existe um estranho preconceito associado à prática de Poker. Talvez seja por estar associado a casinos e ao vício de algumas pessoas menos capazes. Porém, todos os livros que tratam o Poker antes de tudo afirmam que o controlo da banca é essencial para o sucesso do jogador. Fóruns e blogues afirmam a mesma coisa. O Poker não é uma questão de vício, até porque é cada vez mais controlado e legalizado. E para nós, o Poker é um desporto mental, que nos obriga a aprender muitas coisas para que sejamos lucrativos, mas que no fim compensa. Jogadores profissionais de Poker tem uma visão diferente do mundo e da sociedade. Valorizam a liberdade, o trabalho e o esforço, assim como procuram sempre se manter num nível mental superior para continuar a exercer o seu trabalho. 

Jogar Poker é de livre acesso. Jogar Poker lucrativamente também é, mas é preciso estudar muito. O jogo é complexo, tem muitas informações, muitos conceitos, muitas situações diferentes, o que faz deste jogo superior aos restantes, pelo menos na nossa visão. Todo o trabalho realizado para se compreender o jogo ensina mesmo muito e melhora a nossa visão de muita coisa além do jogo. Aprendemos, principalmente, a gerir a nós mesmos, visto ser um jogo mental, pois caso queiramos ser vencedores, todos os dias aprendemos a ser melhores que nós mesmos. Mas, com toda a informação que existe hoje, é possível alcançar níveis satisfatórios. Nós temos a liberdade para estudar, com muita informação disponível na Internet a preços baixos ou até de graça.

Quando pesa a sorte quando jogámos Poker?

O Poker deve ser sempre dissociado da sorte. Não vai acontecer jogar um torneio de milhões e ficar rico numa semana, porque o provável é ser explorado e eliminado logo no início, principalmente quando não temos capacidade para esse nível tão elevado. Não vai acontecer jogar sem vontade e ganharmos muitas vezes, porque o nosso nível de concentração é tão baixo que vamos deixar passar tantas informações sem as avaliar e cometer erros tremendos. Não vai acontecer de jogarmos bem se não estudarmos bastante primeiro.


Poker não se resume apenas aos milhões que alguns ganham. Esse é o prémio que eles alcançam por trabalhar, por estudar, por serem disciplinados, por serem dedicados. É normal tudo o que ganham os melhores, e não é motivo algum para os invejar. Pelo contrário, é motivo para aprender com eles, a gerir o risco e a banca, estudar e evoluir, e melhorar a cada dia que passa.


Aprendemos Poker, trabalhamos e depois alcançamos a liberdade. Ganhar dinheiro é sempre bom, claro. Por isso estudamos e procuramos melhorar todos os dias. O melhor ainda é todo o trabalho realizado, que faz de nós pessoas mais conhecedoras, mais experientes e mais inteligentes. Cada vez que estudámos uma hora, é uma certeza que estamos um ponto melhores jogadores do que aqueles que não a estudaram.


A sorte não representa nada quando trabalhámos todos os dias e queremos realmente melhorar. E quando assim fazemos, a sorte deixa de ser um resultado e passa a ser uma consequência positiva de todo o trabalho que realizamos. 

Poker é um trabalho, não um jogo

Essa é a visão do jogo que muitos não querem compreender. A verdade é que o Poker por vezes é um trabalho, ainda mais difícil, principalmente quando pensamos na natureza humana. Somos pessoas sociáveis, e a maioria dos empregos nos coloca dentro de um grupo social. O Poker funciona diferente. Quando nos sentámos para jogar Poker, passamos a ser solitários, sem amigos, exactamente o contrário da natureza humana. A mesa está cheia de concorrentes que nos querem levar a nossa banca logo que possível.


Mas o jogo não se resume aí. Para os sentarmos numa mesa e ganhar dinheiro, temos sempre trabalho a realizar antes. O estudo, de como funciona o Poker, a evolução pessoal, nível por nível, a capacidade em reconhecer cada vez mais situações e decidir melhor, isso fará de nós melhores jogadores que os nossos concorrentes e nos ajudará a ganhar dinheiro.

A liberdade alcançada ao jogar Poker

Não se deixe enganar quando vê algum jogador de Poker cheio de dinheiro ou quando alguém lhe diz que é fácil. É um jogo de risco, que implica estudar e trabalhar, para contrariar ao máximo cada risco associado e ganhar dinheiro com isso. O trabalho a realizar é muito, mas o prémio pode ser muito maior do que um salário. 


Tudo o que precisamos ter é: aptîdão para o risco e capacidade para o controlar. O poker é um jogo de risco como bem sabemos. O que nos faz ganhar dinheiro no Poker é a forma como contrariamos o risco.