Teoria do Dinheiro

Click here to edit subtitle

Porque deve começar a criar fluxos de rendimento agora mesmo?

Uma das coisas que mais acredito é, para se conseguir ter dinheiro, é preciso compreender o dinheiro primeiro. Neste momento, consigo estar descansado e tranquilo na secretária a fazer uma das coisas mais gosto (ler e escrever), enquanto milhões de pessoas em todo mundo estão a trabalhar arduamente pela necessidade de ganhar dinheiro. Se pararmos para pensar como muitas pessoas pensam, não são capazes de jogar poker a dinheiro porque dizem que é um vício e que não tem sorte, mas uma boa quantia dessas mesmas pessoas gasta fortunas em raspadinhas. 


Ganhar dinheiro envolve tempo e paciência. E como paciência nem todos tem, e como o tempo é limitado, obviamente que nem todos vão ganhar dinheiro.  Aqui na Teoria do Dinheiro, não acreditamos da ideia de ficar rico de um momento para o outro. Nem isso deve ser um motivo para ficarmos frustrados por não ter dinheiro. Podemos sempre criar um projeto e ganhar algum extra com isso. A verdade é que muita gente vive frustrada por não ter dinheiro para gozar de uma liberdade financeira, mas não usa o seu tempo de sobra de nenhuma forma que ajude a ganhar mais, seja investir num projeto rentável, seja investir na própria profissão para ser mais renumerado.

Uma das formas mais simples e não tão trabalhosas e com pouco risco é criar um projeto com fluxos de rendimento fixos. Algo como ter um serviço e o cliente pagar mensalmente ou anualmente pelo mesmo. Mas, para perceber melhor a ideia de ter rendimento fixo, não podemos pensar no ganho (claro que todos queremos ter um rendimento fixo além de um salário), mas devemos pensar em como elaborar um plano para criar rendimentos. A ideia é a seguinte: 



Seja em casas, em blogues, em livros, em empresas que investimos e obtemos dividendos, é necessário ter ideias, trabalha-lhas com confiança e coragem a fim de as transformar. Muito atrás, o ser humano deixou de ser nómada e começou com a agricultura. Este terá sido certamente o primeiro fluxo de rendimentos criado pela humanidade. Se a início, os homens das cavernas viajavam de terras em terras em busca de alimentos e sítios para onde viver, fixaram-se num lugar e transformaram a terra em algo que lhes dava de comer todos os dias. As árvores dão fruto, os animais dão carne ( e outros mantimentos como leite, ovos, lã, etc), e a terra ajuda dá legumes e vegetais. Tudo o que foi necessário foi usar o tempo e os recursos existentes, transformá-los e obter um maior rendimento deles. Tudo isto se deu em espaços propícios para a agricultura, que são espaços onde existe água. Se eu tiver uma mão cheia de arroz, posso cozinhar e ingeri-lo. Mas, se o semear, posso produzir muitas mais mãos cheias de arroz. 

Nos mercados de hoje, por semelhança, podemos criar rendimentos fixos. Tudo o que precisamos (em semelhança) é: 


  • De um nicho de mercado (um sítio onde exista água) 
  • De um ambiente propício (como boas terras) 
  • Produtos para vender/alugar/fazer render (sementes) 
  • E clientes


Para criar um rendimento fixo, há duas coisas que precisamos avaliar com clareza. Qual é o nicho de mercado que seja rentável para que possamos investir, e se esse nicho de mercado é propício para se investir em determinada zona. Se existe um nicho rentável, e se encontrámos um sítio onde o podemos explorar, então podemos selecionar os melhores produtos e fazê-los chegar aos clientes. 


Depois, para manter esse nicho, o cliente precisa confiar no nosso produto/serviço. Isso significa que aquilo que oferecermos tem que ter qualidade para que o cliente continue a comprar ou subscrever. Imagem e qualidade são indispensáveis para manter os clientes junto dos nossos serviços, porque o cliente é mais importante que o dinheiro. Não podemos pensar em ter rendimentos fixos no final do mês, se a forma como criámos esses rendimentos não potencia os nossos investimentos a nível de qualidade e confiança 


Por um minuto, pense, não como empreendedor, mas como cliente. O que o leva a comprar um produto ou serviço? A qualidade do mesmo. Você apenas vai comprar algo que você precisa. E só vai continuar a comprar se o produto ou serviço tiver qualidade. Os clientes têm esse comportamento. Se precisam, compram, se não precisam, não compram. A conclusão que podemos tirar disto é, que antes de ganhar dinheiro, há trabalho e ideias. Pense grande. E não pense só em ganhar dinheiro. Pense em ideias.

my images

Gostou do artigo? Assine agora e receba todas as novidades por email gratuitamente

Após subscrever por email, receberá todos os conteúdos aqui publicados. O seu email não será divulgado a ninguém autorizado nem será utilizado para divulgar spam.
endereço de email
*
campayn